Impressões do Full Stack Fest 2019

Esse ano fui ao Full Stack Fest pela primeira vez! Olhando a programação, poderia dizer que não teria muito a ver com o que faço como uma desenvolvedora backend. Porém o meu objetivo era justamente ver o que estava rolando do outro lado. 🤓 O evento aconteceu no início de Setembro, em Sitges, uma cidadezinha próxima a Barcelona, na Espanha. Foi bem interessante ver quais são as tendências e perceber o quão desatualizada eu estou sobre o front-end.

Leia mais →

Dicas para desafios de código

Em processos seletivos é bastante comum a prática de pedir que os candidatos resolvam desafios em casa, com o objetivo de avaliar suas habilidades em resolução de problemas e como o candidato coda. O interessante sobre resolução de problemas é que um mesmo problema pode ser solucionado de diferentes maneiras. A diferença entre as soluções será a experiência, o conhecimento da linguagem e como seu cérebro está acostumado a trabalhar.

Leia mais →

Regex pra quem não sabe Regex

Convenhamos: Regex é uma parada contra-intuitiva. Entretanto, não é impossível de aprender. Se teve jeito pra mim, tem pra qualquer pessoa. :) Nesse post, uma introdução ao Regex com exemplos simples do dia a dia. Uma vez um programador me falou que o ideal era aprender coisas sob demanda. Sabendo que existe um mar de coisas para aprender no mundo da computação, essa estratégia faz todo sentido pra mim. Porém durante algum tempo eu usei uma estratégia meio errada nesse “aprendizado sob demanda”.

Leia mais →

Notas sobre Your Code as a Crime Scene

Confesso que quando eu comecei a ler esse livro eu estava esperando um estilo Mind Hunter com desenvolvimento de software. Não foi beeem assim mas deu pra ver possibilidades interessantes nas informações deixadas nos sistemas de versionamento de código como Git. No Your Code as a Crime Scene o Adam Tornhill mostra técnicas para descobrir informações como acoplamento de código, centralização de conhecimento em certos membros do time e partes do código que tem mais riscos do que outras.

Leia mais →

Você pode substituir os If/Else por… Template Method

Às vezes a gente se pega vendo uns if/else por aí, se repetindo aqui e ali e pensa: “engraçado você por aqui de novo”. Esse pensamento é o seu sensor automático de code smells e ele vai ficando melhor a medida que você exercita boas práticas como OO e seus princípios, design patterns e algumas outras técnicas de refactoring. Por falar em code smells, a duplicação de código é um dos problemas mais tranquilos de se resolver com a refatoração - especialmente porque é um problema fácil de identificar.

Leia mais →